quarta-feira, 15 de abril de 2015

Só ele que é


Ele não é uma pessoa cordial assim que amanhece. Acorda de mal-humor, e raramente se detém a falar qualquer coisa.
Ele não é uma pessoa muito preocupada com o quanto irá gastar hoje, para não correr o risco de não ter dinheiro amanhã.
Ele não se importa com status, e evita sempre ao máximo sair falando de sua própria vida para quem não importa.
Ele não consegue se concentrar em duas coisas ao mesmo tempo, mas fica um charme quando tenta.
Ele não sabia que não se deve misturar pano de prato com pano de chão na máquina de lavar, mas agora deixa os panos mais brancos que a minha própria avó, se fosse ela quem fizesse.
Ele não é uma pessoa que gosta de sair distribuindo sorrisos por ai, mas quando sorri, tem uma irresistível capacidade de afetar e aquecer meus impulsos mais profundos.
Ele até pode não ser rico, mas faz de seu convívio a maior riqueza eu que poderia desejar possuir.
Ele não está preparado para ser pai, assim como eu, para ser mãe. Mas sei que a única coisa que ele não vai fazer melhor do que eu, é amamentar direto no peito.
Ele não perde tempo vendo videos com mais de dois minutos, mas insiste sempre em ver os mesmos filmes bestas e os mesmos episódios de Chaves, mesmo sabendo todas as falas de có.
Ele não sabe qual a minha cor preferida, mas sabe que colore a minha vida sempre que chego em casa e o encontro sorrindo para mim.
Ele não é o tipo de pessoa que você se da bem o tempo inteiro, porém, ele sempre vem depois, pega na tua mão, olha nos teus olhos e repete inúmeras vezes que te ama e que isso não vai mudar mesmo ele gostando de uva e você de manga.
Mas só ele que é a pessoa pra quem eu corro quando me sinto aflita.
Só ele que é o meu defensor de monstros à noite, e trocou seu lugar na cama perto da parede, apenas para que eu me sentisse segura.
Só ele quem dança melhor do que ninguém quando está bêbado, e me convida para dançar de uma forma doce e sensual.
Só ele quem deixa a casa sempre limpa e reclama quando eu bagunço pois ele sabe que ele quem irá limpar depois de novo.
Só ele quem sabe o que eu estou pensando, e tenta fazer o possível para me arrancar sorrisos.
Só ele tem a capacidade (e o direito) de me estressar de maneira compulsiva para depois me mimar e dizer o quanto eu fico linda com raiva (e o quanto eu sou apelona!).
Só ele que é o amor traduzido em pessoa.
Só ele que é o meu amor, traduzido nele.
Só ele que é o meu companheiro, e é com ele que quero passar o resto da minha vida.


Nenhum comentário: