domingo, 12 de abril de 2015

Configurando um conceito


     Depois de certo tempo desprendendo os conceitos da vida moral, a gente se da conta que o ponto de vista é, inquestionavelmente, intocável. Porém, a partir do momento que você  fere o outro com palavras e argumentos estúpidos, seu ponto de vista passa a não valer mais nada.
     Facebook é livre. O choro também é!
     Alcançamos um momento em nossas vidas onde estamos rodeados de questionamentos que se baseiam em: até onde vai o meu direito?
     Eu te digo até onde tenho direito amigo: quando o seu começa! A partir daí, temos que nos segurar e respeitar, querendo ou não, as nossas desavenças.
     Sonho com um mundo onde o respeito será a base de tudo. Onde o respeito será mais valioso do que a água ou o petróleo, e onde o meu filho possa crescer e dizer "eu tenho respeito. E respeito você por ser gay, lésbica, ou travesti. Respeito você por ser homem, mulher ou não ser uma orientação definida. Respeito você por ser velho ou novo. Respeito você por ser ateu ou religioso. respeito você por achar que devo ou não abortar. Respeito você por que, acima do que você vive, você é, assim como eu, um ser-humano, E eu espero grandiosamente que você me respeite em troca."
     Troca. Respeito é uma troca!
     Respeito quem quiser ler este texto e mesmo que não tenha concordado ou compreendido, me respeita também.

Beijos Alcoólicos.


Nenhum comentário: